USOS CLÍNICOS

Por cirurgia robótica entende-se qualquer procedimento cirúrgico assistido por um robô controlado pelo cirurgião. Neste campo, o sistema da Vinci é a única plataforma tecnológica capaz de permitir uma verdadeira cirurgia robótica.

Os procedimentos cirúrgicos realizados com o sistema da Vinci caracterizam-se por serem minimamente invasivos. A técnica cirúrgica, transmitida aos braços robóticos por um sistema computadorizado, é precisa e não apresenta os tremores naturais da mão. Além da maior eficiência operatória, existem inúmeras vantagens para o doente durante e após a operação.

A abordagem minimamente invasiva garantida pelo robô da Vinci, a sua visão, precisão e controlo melhorados fazem desta plataforma um instrumento extremamente versátil para inúmeras especialidades cirúrgicas, desde urologia e cirurgia geral até ginecologia, cirurgia torácica, cirurgia cardíaca, cirurgia pediátrica e otorrinolaringologia.

A cirurgia robótica da Vinci torna-se uma opção vencedora, especialmente em:

CIRURGIA GERAL

É neste âmbito que o robô da Vinci está em constante crescimento. Além das intervenções normalmente realizadas com o robô, como a hemicolectomia direita e esquerda e a ressecção do reto, também a cirurgia esofagogástrica, incluindo a bariátrica (obesidade), e os procedimentos de ressecção hepática estão em fase de consolidação. Os tratamentos de pancreatectomia e esofagectomia ainda estão numa fase inicial.

Sobre as vantagens do recurso ao robô da Vinci na cirurgia geral existem evidências científicas relacionadas com parâmetros como a radicalidade oncológica, a redução de complicações, o menor tempo de internamento hospitalar e a recuperação funcional.

Principais intervenções realizadas com o da Vinci:

UROLOGIA

Principal campo de aplicação e difusão da cirurgia robótica da Vinci, a urologia está a evoluir para soluções minimamente invasivas e menos agressivas. Nesse campo, além da prostatectomia, o tratamento mais comum, estão a ser realizadas nefrectomias (parciais ou totais), as pieloplastias e as cistectomias.

A adoção do sistema da Vinci, no caso da cirurgia renal, oferece ao doente a solução mais conservadora possível e oncologicamente eficaz.

Principais intervenções realizadas com o da Vinci:

GINECOLOGIA

Entre as diferentes especialidades que utilizam o robô da Vinci, a ginecologia apresenta um crescimento anual significativo. Além da histerectomia e miomectomia- tratamentos padrão atuais- estão a ser realizados procedimentos robóticos para histerectomia radical, sacrocolpopexia e ressecção por endometriose.

Em particular, a histerectomia- ou remoção do útero- com o da Vinci é mais eficaz na erradicação do tumor. Maior precisão operatória significa uma redução significativa das complicações, menor necessidade de transfusões e menor tempo de internamento, o que resulta em grandes benefícios para o doente.

Principais intervenções realizadas com o da Vinci:

Política de Privacidade Política de Cookies